VAJDAHUNYAD VÁRA

Pingos pingam pancadas
Cinza se desfaz em lençóis
Ruínas e impurezas levadas
Enquanto se ocultam os sóis

Pequenas explosões geram mudez-
Grandes cortinas me dão lucidez
Paz se origina de contradição
Me põe a dormir feito uma canção

E então, o aguaceiro
Com seu tiro certeiro
Me encontra em meu lar
E lhe toma o lugar

Derrete as paredes do meu frágil abrigo
Me protege, me acalma, e chora comigo.

-2013-